• Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest
  • Baboobee

Como proteger o bebê do sol




O calor brasileiro é abrasador. A partir de setembro, e praticamente até junho, nosso país é quente e seco em algumas regiões, quente e úmido em outras. Há inúmeras vantagens em tanta energia. Podemos aproveitar muito praias, piscinas e fazer inúmeras atividades ao ar livre.


Contudo, a grande desvantagem do calor é que nos expomos com certa frequência ao sol.


Hoje, é consenso entre os profissionais de saúde que uma exposição leve ao sol é benéfica. Isso se devido à produção de vitamina D, induzida pela exposição ao sol. A vitamina é um elemento essencial para o funcionamento de uma série de processos no nosso organismo.


Porém, o que também é consenso, é que a exposição irrestrita ao sol pode causar câncer de pele, insolação, envelhecimento precoce, manchas e outros malefícios. Se o sol brasileiro já é perigoso para os adultos, imagine o que pode causar na pele delicada das crianças.


Com elas é necessária atenção redobrada. Confira algumas dicas básicas de como proteger a pele do seu bebê do sol.




1) Exposição mínima


Como a pele das crianças é muito fininha e delicada, o ideal é expor o bebê o mínimo possível ao sol. Não é recomendado praia para crianças muito pequenas. Nas férias, opte por outras opções de destinos, em que a criança possa ser incluída. Você vai se surpreender com o tanto de destinos bacanas, que existem fora do circuito sol e mar.





2) Respeite o horário


Atente-se ao horário indicado. Na parte da manhã, o máximo é até as 10 horas e, na parte da tarde, a partir das 16 horas. Isso não significa que o bebê possa ficar exposto ao sol durante todo esse período. Significa apenas que esse período é o mais recomendado para um passeio. Lembre-se do horário de verão, ou seja, em dezembro, 16 horas da tarde é, na verdade, 15 horas.





3) Filtro solar


Para proteger a pele do bebê, sempre use filtro solar. Mas, para usar esse produto, é necessário consultar um pediatra. Existe uma recomendação de que bebês com menos de 6 anos não deveriam fazer uso do filtro solar. Isso se dá porque a pele e o organismo das crianças muito pequenas não estariam ainda prontos para lidar com os componentes presentes nas fórmulas do produto.


Por isso, a visita ao médico é essencial. Só o profissional de saúde poderá te indicar o melhor produto para a criança.


Para testar o produto e ver se não causa alergias, passe pouco de filtro solar numa pequena área nas costas do bebê.





4) Queimadura solar em bebês


Para uma queimadura solar leve, use uma fralda molhada com água para diminuir o incômodo e a vermelhidão. Aplique a fralda embebida em água fresca, algumas vezes ao dia e, em seguida, use um creme hidratante à base de água, recomendado pelo médico.


Certifique-se de que a criança não fica com frio durante o procedimento. Lembre-se sempre de hidratar o bebê, oferecendo água e leite materno.

No caso de queimaduras mais graves, procure um médico imediatamente.




5) Roupas adequadas


Para evitar transtornos desnecessários e proteger o bebê de exposição direta ao sol, use roupinhas adequadas. As peças de malha leve e fina, mais ajustadinhas ao corpo da criança, são uma excelente opção.


Não se esqueça do chapéu, que além de proteger, ainda é um charme. Saia com a cadeira que vem com capota, de preferência não plástica.





Roupas adequadas com fator FPS você encontra na Baboobee, clique aqui e confira



#bebês #infantil #comoprotegerdosol #verão #cuidados #sol

1 visualização0 comentário
Gradiente Vermelho Amarelo

Siga-nos

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest

(41) 3010-9100 

Cadastre-se para receber novidades!

e receba um cupom de 5%off na primeira compra

© 2021 Roupa Bebê e Infantil - Baboobee