• Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest
  • Baboobee

Desenvolvimento dos bebês: Brincadeiras que ajudam nesse processo



Os jogos incentivam o desenvolvimento dos bebês, a criatividade e a imaginação do seu filho, além de outras habilidades.


Seja rolando uma bola de um lado para o outro com o irmão, ou colocando uma fantasia e imaginando que é uma astronauta.


A criança está desenvolvendo habilidades sociais importantes, como aprender a se revezar, cooperar e conviver com os outros.


A partir do momento em que nascem, os bebês adoram brincar. Mas, como você escolhe o brinquedo ou o jogo certo para o seu bebê?


Aqui, trazemos o que esperar para o desenvolvimento no primeiro ano do bebê, e os melhores brinquedos e jogos para cada etapa.




Desenvolvimento dos bebês



O que seu bebê faz em cada etapa do crescimento?



0 a 1 mês

  1. A visão do bebê se estende para além da distância do braço. Ele pode ver cores, mas prefere fortes contrastes.

  2. O reflexo de aperto palmar ocorre e ele apertará qualquer coisa que você colocar em suas mãos.

  3. Ele ouve vozes familiares à medida que a audição se desenvolve.




2 a 3 meses

  1. O bebê começa a exercer controle sobre seus membros e repete movimentos que lhe trazem prazer.

  2. No final do terceiro mês, ele começa a desenvolver a coordenação das mãos e dos olhos.




4 a 6 meses

  1. A boca do seu bebê se torna sua principal ferramenta para exploração. Além de querer colocar tudo na boca, ele fica fascinado com os sons que pode criar.

  2. Ele está se tornando mais ativo fisicamente e começando a se socializar mais.




7 a 9 meses

  1. Seu bebê começa a “fugir”, engatinhando por aí. Ele toma a iniciativa e gosta de explorar seu ambiente.

  2. O movimento de pinça se desenvolve, permitindo que seu bebê segure pequenos objetos.

  3. Ele começa a entender as palavras e pode unir as mãos.




10 a 12 meses

  1. O senso de equilíbrio do seu bebê melhorou muito; ele pode até estar andando.

  2. Suas habilidades motoras perceptivas, linguísticas e finas aumentam.

  3. Ele começa a imitar tudo o que vê.





Quais os estágios das brincadeiras?



Jogo desocupado


O jogo desocupado refere-se à atividade na qual uma criança não parece estar realmente brincando. Ela pode apenas estar envolvida em movimentos aparentemente aleatórios, sem objetivo.


Entretanto, apesar das aparências, isso definitivamente é uma brincadeira e prepara o terreno para futuras explorações de jogos.




Jogo Solitário (Independente)


O jogo solitário é exatamente o que parece: é quando seu filho brinca sozinho. Esse tipo de brincadeira é importante, porque ensina a criança a manter-se entretida, eventualmente estabelecendo o caminho para ser autossuficiente.


Qualquer criança pode brincar de forma independente, mas o jogo solitário é mais comum em crianças com idade abaixo de 2 ou 3 anos.


Nessa idade, elas ainda são bem egocêntricas e não possuem boas habilidades de comunicação. Se uma criança é mais íntima ou não conhece bem seus amigos, ela pode preferir esse tipo de brincadeira.




Jogo do espectador


O espectador é quando uma criança simplesmente observa outras brincando e não participa da ação. É comum que as crianças mais jovens trabalhem seu vocabulário em desenvolvimento. Não se preocupe se o seu pequenino estiver se comportando dessa maneira.


Pode ser que a criança se sinta tímida, precise aprender as regras, ou talvez seja a mais nova e queira dar um passo atrás por um tempo.





Jogo Paralelo


Coloque duas crianças de 3 anos em uma sala e é isso que você provavelmente verá: as duas crianças se divertindo, brincando lado a lado em seu próprio mundinho. Isso não significa que elas não gostem uma da outra, e sim que estão apenas se envolvendo em jogos paralelos.


Apesar de existir pouco contato social, as crianças que brincam paralelamente aprendem bastante uma com a outra. Mesmo que pareça que elas não estão prestando atenção umas nas outras, muitas vezes, imitam-se os comportamentos.


Como tal, este tipo de jogo é visto como uma ponte importante para os últimos estágios de uma brincadeira.





Jogo associativo


Um pouco diferente do jogo paralelo, o associativo também apresenta crianças brincando separadamente umas das outras. Mas, neste modo de jogo, elas estão envolvidas com o que os outros estão fazendo – pense nas crianças construindo uma cidade com blocos.


Enquanto constroem seus edifícios individuais, elas conversam entre si e se envolvem. Esta é uma etapa importante do jogo, porque ajuda os pequenos a desenvolverem uma série de habilidades – socialização (o que devemos construir agora?); resolução de problemas (como podemos tornar essa cidade maior?); cooperação (se trabalharmos juntos, podemos tornar nossa cidade ainda melhor) e desenvolvimento de linguagem (aprendendo o que dizer para transmitir suas mensagens entre si).


É através do jogo associativo que as crianças começam a fazer amizades reais.





Jogo Cooperativo


O jogo cooperativo é onde todas as etapas se juntam e as crianças realmente começam a brincar juntas (é comum em pré-escolares ou com crianças que têm irmãos mais velhos).


O jogo cooperativo usa todas as habilidades sociais em que seu filho está trabalhando e as coloca em ação.


Quer estejam construindo um quebra-cabeça juntos, jogando com um tabuleiro ou desfrutando de uma brincadeira ao ar livre, o jogo cooperativo prepara o terreno para futuras interações enquanto seu filho amadurece.





Outros tipos de brincadeiras


Embora esses estágios sejam importantes e necessários para o desenvolvimento social da criança, existem outros tipos de brincadeiras que também contribuem para seu desenvolvimento.


Essas brincadeiras geralmente se desenvolvem quando uma criança começa a se envolver em jogos cooperativos e incluem:


  1. Fantasia: quando seu filho gosta de brincar de médico ou que está em um restaurante, por exemplo, é um jogo dramático ou de fantasia. Através desse tipo de brincadeira, a imaginação de seu filho não apenas se exercita, mas ele também aprende a revezar, cooperar, compartilhar e trabalhar no desenvolvimento da linguagem.

  2. Jogo físico: habilidades motoras brutas e finas realmente entram em jogo aqui, quer seu filho esteja jogando uma bola ou andando de bicicleta. O jogo físico encoraja as crianças a serem ativas.

  3. Brincadeira construtiva: formas de jogo construtivo incluem construir com blocos, fazer uma estrada para carros de brinquedo ou construir um forte de almofadas no sofá. O jogo construtivo ensina as crianças sobre manipulação, construção e montagem de coisas. Habilidades cognitivas são usadas para descobrir como fazer algo funcionar melhor, se é uma torre de blocos ou um castelo de areia.

  4. Simbolismo: este tipo de brincadeira pode ser vocal (canto, piadas, rimas, etc.), artes gráficas (desenhar, colorir, etc.), contar histórias ou fazer música. Essas brincadeiras ajudam as crianças a desenvolver habilidades de expressão e explorar suas experiências, ideias e emoções.




Não importa qual seja a brincadeira, cada uma possui suas particularidades e funções no desenvolvimento dos bebês.


Escolha a que mais se adequa aos gostos e necessidades do seu filho e aproveite a diversão!




#educação #desenvolvimento #dicas #bebêrecémnascido #bebê #desenvolvimentocognitivo #vivencias

7 visualizações0 comentário
Gradiente Vermelho Amarelo

Siga-nos

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest

(41) 3010-9100 

Cadastre-se para receber novidades!

e receba um cupom de 5%off na primeira compra

© 2021 Roupa Bebê e Infantil - Baboobee