• Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest
  • Baboobee

Sling: O que é e como as mamães devem usar para deixar seu bebê confortável?


Antigamente, sair com um bebê na rua era o resultado de muita preocupação. As mamães e os papais geralmente levavam carrinhos, mas não é algo tão prático para entrar em estabelecimentos ou levar no carro, onde precisava ser montado e desmontado. Levar no colo, então, era sinônimo de mãe desleixada, motivos de olhares tortos e de muita preocupação.


Com o passar dos anos, as gerações de mães mudam e, com elas, trazem alternativas para levar o bebê para qualquer lugar, garantindo conforto e segurança. Este é o caso dos slings, uma ótima opção para os pais e garante toda a proteção que um bebê precisa.

Não sabe do que estamos falando?


Se acalme, mamãe ou papai, nós da Baboobee trouxemos um artigo explicando tudo sobre os Slings e a melhor forma de usá-los. Boa leitura!



O que é Sling?


Quando falamos de Slings, nos referimos a um tipo de carregador de bebê, elaborado a partir de um pedaço de tecido, que une a mãe ou o pai a criança, deixando o corpinho do seu filho, de forma confortável, sobre o seu peito.


Acredita-se que o sling é um parente próximo do canguru, muito utilizado pelos pais hippies. A semelhança entre os modelos está na sua composição, ambos são feitos de tecidos. Porém, o sling garante a posição correta para o bebe e indica alguns cuidados para os pais na hora de escolher o modelo e de colocar a criança.


O uso do sling se tornou muito popular em todo o mundo, existem até pesquisas, na área da Pediatria, que comprovam os benefícios deste carregador para os bebês.


Além de garantir uma posição confortável, que não canse o corpinho do seu filho, o sling também promove uma aproximação entre a mãe ou o pai, fazendo com que ele se acostume com o seu cheiro, pele e voz.


Este método de carregar o bebê pode ser usado em todas as fases, indicado até mesmo para os recém-nascidos. No sling, o seu filho pode ficar na posição que costuma amamentá-lo, o que diminui o desconforto do bebê.


O tipo de tecido


Antes de comprar o primeiro sling que vê pela frente, vamos por partes, mamãe ou papai. Um ponto importante, na hora de escolher o carregador ideal, é o tipo de tecido que o sling é feito. Para cada fase de desenvolvimento do bebê, é indicado um material, que garanta todo o seu conforto e segurança.


Os slings de tecido são indicados para os bebês de até três meses, onde o corpo não consegue sustentar totalmente a cabeça. Este modelo oferece todo o suporte que o pequeno precisa para se manter em uma posição segura, dando apoio para a cabeça, sem deixá-lo desconfortável.

Após os três meses, os pais podem investir em outros modelos de slings para os seus filhos.


Depois desta fase, a criança apresenta uma maior sustentação do corpo, o que garante maior flexibilidade e exige mais movimentação. O modelo ideal para esta fase é o sling mais aberto, que apresenta um espaço para que as perninhas do seu filho fiquem do lado de fora.


Para esta idade, também existe o modelo onde o sling posiciona a criança para frente, com as perninhas e braços para fora e de costas para o seu peito. Este tipo de carregador permite que o pequeno tenha uma visão privilegiada do mundo ao seu redor e possa alcançar coisas com os braços. Além disso, todos podem ver que o seu baby é uma graça e adora passear!


Cuidados importantes


Como já respondemos a principal dúvida dos papais, sobre a idade ideal para colocar um bebê no sling, você já sabe qual a melhor idade para deixar que ele use o carregador? Neste caso, a decisão vai depender muito dos papais e da própria criança.


Uma das principais vantagens do sling é manter o bebê confortável, e este também deve ser o principal fator na hora de desapegar. Com o crescimento do seu pequeno, ele tende a ficar mais pesado, dificultando o uso de carregadores.


Carregar as crianças de idade mais avançada no sling pode ser incômodo para os pais. Nós sabemos que, chega uma fase em que as costas doem quando o filho pede colo.


Ao perceber o desconforto, mostre para o seu filho as vantagens de fazer uma caminhada e, aos poucos, faça com que ele desapegue do carregador.


Os modelos de slings


Além dos tipos de tecidos, existem no mercado diferentes modelos para o seu carregador. Cada tipo pode deixar o seu bebê em uma posição diferente, cuidando do seu conforto e segurança, além de garantir a postura e evitar as dores nas costas do pai ou da mãe.




Canguru


Vamos começar pelo modelo mais paz e amor, utilizando pelos hippies e seus bebezinhos.


Diferente da versão mais antiga, este modelo de carregador não precisa ser amarrado, pois ele possui regulagens, cintos e travas costuradas no tecido. Dessa forma, o sling pode ser ajustado ao corpo do bebê e garantir a sua segurança, mantendo sua postura e conforto.



Mei tai


Esse modelo de sling faz muito sucesso na Europa, mas também pode ser encontrado em algumas lojas aqui no Brasil. Neste modelo de carregador, o bebê fica como se estivesse sentado e com as pernas abertas, apoiando os braços e a barriga no peito do pai ou da mãe. Ele possui uma base mais larga, o que garante um sustento maior do corpo para o bebê.


Diferente do canguru, o modelo não possui travas e cintos, tendo de ser amarrado para que permaneça na posição segura e confortável.


Wrap sling


Este modelo recebe o nome de “wrap” porque, em inglês, a palavra significa enrolar, o que é exatamente a função deste carregador. O tecido é enrolado pelo corpo do responsável, garantindo um reforço para a segurança do bebê. A vantagem deste modelo é que o corpo da criança fica mais firme e mantém a proximidade com o peito da mãe ou do pai.


A única desvantagem deste modelo é o tempo de vestir, pois aquele que carrega também precisa vesti-lo, de certa forma.


Pouch sling


Este modelo tem mais estilo e passa certa leveza para quem o usa. O tecido é posto apenas em um ombro daquele que carrega o bebê, e ainda assim mantém o pequeno na posição recomendada, sem retirar o conforto. Neste caso, a única preocupação é com o papai e a mamãe, que podem ganhar um dor nos ombros se usado por muito tempo.


Sling de argolas


Por último, apresentamos um modelo muito versátil de carregador. A vantagem das argolas está na hora de ajustar o tecido, para garantir o conforto do bebê.


Este modelo também possui uma sobra de tecido, que pode contribuir para o estilo da mamãe ou do papai – transformando-se em um cachecol ou xale – e para a privacidade do bebê, caso alguma luz o incomode ou ele venha a dormir durante o uso.


Da mesma forma que o Pouch, o sling de argolas também é usado apenas em um ombro, não sendo indicado o uso por longos períodos.



Gostou das nossas dicas? Então acesse outros conteúdos da Baboobee e fique por dentro de todas as novidades para o seu pequeno!



#bebês #sling #recémnascido #dicas #bebêrecémnascido #soninhodobebê #bebê #vivencias

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Gradiente Vermelho Amarelo

Siga-nos

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Pinterest

(41) 3010-9100 

Cadastre-se para receber novidades!

e receba um cupom de 5%off na primeira compra

© 2021 Roupa Bebê e Infantil - Baboobee